Buscar
  • Patrícia Rônel

Colocando em Prática: Dicas de SEO (Searching Engine Optimization) para o LinkedIn


O LinkedIn é uma plataforma fantástica que, se ao pensarmos numa tradução ao “pé da letra”, estamos “ligados em”, conectados, acoplados, unidos…Eu, particularmente, atrelo totalmente a plataforma ao SEO (Searching Engine Optimization).


"Uma engenharia de otimização de busca, atribuída aos motores de pesquisa da web, como Google e Bing, mas que também está presente em outras plataformas, como redes sociais e comparadores de preços. Basicamente, consiste em conseguir um bom posicionamento nos buscadores, ou seja, estar em evidência." Rock Content

Então, se engana quem acha que o LinkedIn trata-se de um currículo. Além da possibilidade de promover ótimos conteúdos autorais, eu gosto de contar minha trajetória e vivências. Por exemplo, na área de experiência, eu não me limito a colocar apenas cargos e empresas que atuei, mas sim, inserir cursos aos quais estou realizando. Desta forma, possibilita com que o meu perfil seja encontrado ao pesquisarem determinadas palavras-chaves.



Um exemplo prático, é mostrar o meu movimento ao mundo. Ao invés de limitar-se às experiências estáticas do passado. Um pensamento bastante condizente ao que o Cristiano Santos - LinkedIn Top Voice | TEDx Speaker | Palestrante Internacional | Professor | Especialista LinkedIn - apresentou na aula desta semana, durante a minha imersão Insider em Marketing na Era Digital.


Deixo evidenciado, informações como:


“Insider em Marketing na Era Digital
Professores/Instrutores: Martha Gabriel e Rafael Kiso
set. de 2020 – o momento
Insider em Marketing na Era Digital. (Programa de Aceleração Profissional, com visão 360º - acadêmica e mercadológica - ministrados por profissionais referências do setor).
*Marketing estratégico orientado a dados.

I) STARTER - PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE MARKETING
1 - Ambiente de Marketing: transformações
2 - Marketing: conceitos essenciais
3 - Marketing Digital

II) NAVIGATOR - CUSTOMER EXPERIENCE NA ERA DIGITAL
4 - Netnografia
5 - Neuromarketing
6 - Inteligência artificial, emoções humanas
7 - A jornada do Cliente
8 - Direito Digital no Marketing

III) EXPLORER - PLATAFORMAS E TECNOLOGIAS DIGITAIS
9 - Presença Digital
10 - E-commerce
11 - Ambientes Imersivos
12 - Tecnologias Mobile
13 - Redes sociais
14 - LinkedIn
15 - Instagram
16 - YouTube
17 - Pinterest
18 - TikTok
19 - Comunidades Digitais
20 - Plataformas de busca
21 - Acessibilidade digital
22 - Automação
23 - Podcasts
24 - Games
25 - Display

IV) PROFESSIONAL - ESTRATÉGIAS DIGITAIS DE MARKETING
26 - Presença on-line
27 - Marketing de conteúdo
28 - E-mail marketing
29 - Mobile marketing
30 - SEM (Search Engine Marketing) Marketing em buscadores
31 - SMM (Social Media Marketing) Marketing em redes sociais
32 - Marketing de influência
33 - Marketing de afiliado
34 - Omnichannel
35 - Inbound Marketing
36 - Marketing de performance

V) EXPERT - MARKETING ORIENTADO A DADOS
37 - Data-driven Marketing
38 - Métricas e KPIs (Key Performance Indicators)
39 - Plano de Marketing”

Isto porque estou denotando ao mundo, durante a minha fase atual de job hunting, que estou desenvolvendo a minha carreira profissionalmente. Focada na minha especialização e colocando em prática o que vou aprendendo. Algo lúdico para o mercado, mas especialmente, lúdico para a minha capacitação profissional.


Algumas informações mostradas nesta aula foram novidades para mim, já outras, nem tanto. Gostaria de compartilhar neste artigo tais ensinamentos, como forma de, não só disseminar conteúdo relevante, mas também conseguir aplicar o que aprendi, sem cair no esquecimento. Já que nem tudo é possível de ser aplicado imediatamente e, como já dito algumas vezes pela Martha Gabriel, o cérebro humano é limitado. Portanto, contamos com o registro das informações auxiliado pelas tecnologias, de maneira que o conteúdo possa ser consultado posteriormente.


Outro aspecto importante e, na minha visão de relações públicas, é que a plataforma é uma ótima contribuinte para o networking. Agregando valores de conexão, dentro de um ecossistema com foco profissional.



Vou elucidar tais informações com o meu perfil pessoal. Então, vejamos:


Apliquei diversas das funcionalidades existentes no LinkedIn, no meu perfil pessoal.



Estatísticas do meu perfil e perfil campeão:



Pesquisa semanais: onde quem pesquisou trabalha e cargos de quem pesquisou.



Mensagem personalizada ao convidar alguém para fazer parte da minha rede:


Diálogo e interação com quem compartilhou conteúdo produzido por mim, publicado em minha rede e grupos ao qual participo:



Teste foto Linkedin: Snappr Photo Analyzer ou bit.ly/testefotolinkedin


Rafael Kiso, Fundador e CMO da mLabs, explica neste artigo - bastante interessante - a respeito do funcionamento do Algoritmo do LinkedIn. Com o algoritmo, é possível entender como os posts são considerados qualitativos.


“A beleza do algoritmo do LinkedIn é esta: enquanto seu post estiver com bom desempenho, ela continuará sendo exibida no feed.”

Eu ainda estou em processo de desenvolvimento da minha marca x serviços x produtos. Mas entendendo a ótica das empresas no LinkedIn, elas estão oferecendo produtos, serviços e conteúdos. Portanto, é muito significativo criar uma LinkedIn Page, sendo uma pequena, média ou grande empresa.


As queridinhas dos brasileiros, por exemplo, são as que abordam temas como: desenvolvimento sustentável, responsabilidade social, conscientização, humanização, datas comemorativas, valorização do cliente, histórias de sucesso, valorização do profissional, diversidade, projetos de capacitação e foco na emoção. Em suma, tudo gira em torno da humanização.


LinkedIn Ads


Entendo a respeito da mídia paga no LinkedIn, quando o volume da veiculação for inferior à R $15 mil para uma campanha, fica recomendada a veiculação direta pelo LinkedIn Ads. Nesta página do LinkedIn Ads, é possível entender como gerar uma campanha direta na plataforma.


Neste artigo do MLabs, é possível entender dicas valiosas a respeito de como criar anúncios no LinkedIn Ads.

Existe um conceito do LinkedIn voltado para vendas, o Social Selling! A venda ocorre com a evolução do processo tradicional de venda. Antigamente, os departamentos comerciais tinham que pegar o telefone e ligar, procurando pela cadeira responsável interessada pelo seu produto/serviço. Atualmente, com as redes sociais, é possível abordar qualquer pessoa, sem precisar passar por um monte de pessoas antes!


É uma tratativa de venda social, que o LinkedIn implementa muito bem dentro da plataforma. Algumas dicas importantes foram ensinadas pelo Cristiano Santos, como:

  • Criar uma marca pessoal;

  • Encontrar as pessoas certas;

  • Engajar usando os insights;

  • Construir relações fortes.

O Sales Navigator ou Navegador de vendas, é uma ferramenta paga do LinkedIn, que auxilia as equipes de vendas. Ou seja, ele encontra “leads”. Os públicos de interesse qualitativos para o seu negócio. E o mais interessante é poder operar com o seu perfil pessoal, não mais com o perfil da empresa. Mas para tal utilização adequada, é fundamental que o seu perfil no LinkedIn seja o mais completo e verídico possível, pois, tudo está atrelado ao algoritmo.


Para conhecer melhor a ferramenta, acesse Sales Tool for Prospecting & Insights | LinkedIn Sales Navigator e tenha uma demonstração gratuita.


ATENÇÃO: Novamente, não adianta usar o Sales Navigator, com um perfil pessoal fraco!


É possível verificar dados, para entender o “ranking” do seu perfil pessoal no LinkedIn. Compreenda o seu índice de vendas sociais, por meio do Social Selling Index ou SSI do LinkedIn. Ele dá uma nota de 0 a 100 para o seu perfil, quanto aos pontos citados de estabelecer sua marca profissional, localizar as pessoas certas, interagir oferecendo insights e criar relacionamentos.


Mas não vale se acomodar com estas informações, pois ela é atualizada semanalmente e varia de acordo com a sua usabilidade x assertividade, mapeadas pelo algoritmo da plataforma.


O meu perfil pessoal, por exemplo, baixou em relação a semana passada que estava alcançando uma nota de 72 pontos. Como não interagi muito, nesta última semana, o meu ranking baixou para 67 pontos de 100, no total:



Outra novidade que chegou na plataforma, é a possibilidade de produzir vídeos ao vivo, nos stories. Se quiser mais informações quanto às especificidades, basta acessar o link live no LinkedIn


“O LinkedIn oferece uma plataforma para indivíduos e organizações divulgarem conteúdo de vídeo ao vivo para suas redes em tempo real. Esta divulgação em vídeo está na versão beta e atualmente está disponível para usuários do LinkedIn e LinkedIn Pages que atendem a critérios específicos.”

Outras novidades também apareceram recentemente. É possível criar eventos e enquetes na plataforma. Nem tão atual, é possível compartilhar apresentações, com o Slideshare.


Se tiver interesse em ficar antenado e atualizado com os conteúdos do LinkedIn, participe do Grupo LinkedIn Brasil, administrado pelo próprio Cristiano Santos.


Fontes de referências utilizadas neste artigo:

Curso de Marketing na Era Digital

http://bit.ly/testefotolinkedin

http://bit.ly/algoritmolinkedin

https://business.linkedin.com/marketing-solutions/ads

http://bit.ly/linkedinadsdicas

http://bit.ly/salesnavigator

https://www.linkedin.com/sales/ssi

http://bit.ly/livenolinkedin

http://bit.ly/slidesharelinkedin

http://bit.ly/grupolinkedinbrasil

14 - LinkedIn - Google Drive

Cursos (marketingnaeradigital.com.br)

Dicas de SEO para LinkedIn: potencialize seu perfil profissional [2019] (rockcontent.com)

LinkedIn Pulse: como usar essa ferramenta no marketing? (rockcontent.com)


93 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo