Buscar
  • Patrícia Rônel

Rede de Display do Google: Como Obter Bons Resultados com Anúncios?


Daniel Santos tem 8 anos de experiência em digital marketing focado em performance nos mercados de e-commerce, serviços e saúde. Atualmente, é estrategista de conta no Google. A jornada Insider em Marketing Digital desta semana contou com a aula de “Display”, com o intuito de entender porque display é importante para a publicidade baseada no comportamento do consumidor. Além disso, elucidou as melhores práticas em relação a formatos, audiências e criativos.



"A Rede de Display é um conjunto de sites parceiros do Google que se associam para receber publicidade paga em suas páginas por meio do Google Ads. Por meio dela é possível divulgar a sua marca de forma segmentada, auxiliando na captação de um público qualificado.” Rock Content

De forma resumida, é uma rede ideal para marcas que queiram atingir um público diversificado, porém, qualificado. Justamente por ser uma categoria de anúncios onde centenas de sites se associam para receber publicidades pagas. Trata-se de milhares de parceiros cadastrados, então as possibilidades são infinitas.


“Os anúncios de display do Google são exibidos em mais de três milhões de sites, em mais de 650.000 apps e em todos os Serviços do Google, como o Gmail e o YouTube.” Suporte do Google

Desta forma, as chances de visualização dos seus anúncios são altas. Principalmente, captar clientes e visitantes em sites e e-commerces. É importante ter bastante atenção ao divulgar anúncios publicitários, com estratégias bem definidas e posicionadas. Somente assim, será possível garantir a segmentação correta para o público-alvo da marca, impactando uma audiência qualificada com a publicidade.


As pessoas descobrem novos produtos e serviços o tempo todo, o display tem a função de expandir o alcance da marca, apresentando aos potenciais consumidores, durante seus variados momentos em sua jornada. Já que o funil não é linear, mas dinâmico e fragmentado.


Campanhas da Rede de Display normalmente mostram anúncios em forma de imagem em sites ou aplicativos que potenciais clientes visitam. Tais interações são o que ajudam a moldar as decisões de compra, que acontecem a todo momento. A tal combinação da “hora certa, para a pessoa certa”.



É importante entender que há diferentes tipos de anúncios oferecidos no Google Ads (básicos e avançados):


Básicos


Campanhas da rede de pesquisa: geralmente exibem anúncios em forma de texto nas páginas de resultados da Pesquisa Google quando alguém faz uma busca por um produto ou serviço semelhante ao seu
Campanhas da Rede de Display: normalmente mostram anúncios em forma de imagem em sites ou aplicativos que os clientes visitam
Campanhas de vídeo: em geral, exibem anúncios em vídeo de 6 ou 15 segundos antes ou durante a reprodução do conteúdo do YouTube”

Avançados


Inclui campanhas do Shopping e universais para app. É possível conhecer mais detalhes no site: Conheça estratégias avançadas de campanhas e publicidade – Google Ads


Categorias de anúncios, como:

  • Texto;

  • Imagem;

  • Vídeo;

  • Mídia rica (interativa). São formatos variados, de animações a carrosséis de produtos.


Daniel também passou informações das melhores práticas, que de forma resumida são:

  1. Concentre-se em manter a qualidade dos dados de conversão (o que avaliar?);

  2. Melhore a qualidade do lead com o reCAPTCHA do Google (ferramenta gratuita: https://developers.google.com/recaptcha);

  3. Conheça e priorize seu público-alvo (alcançando a audiência certa em cada estágio, quem são os públicos mais valiosos? Priorizando audiências mais avançadas no funil, eficiência da expansão de público-alvo );

  4. Mostre criativos certos para clientes (o impacto da publicidade representa 75% de sua qualidade - How to test your programmatic creatives like a pro marketingland.com);

  5. Forneça o maior nº possível de recursos. Quanto mais detalhado e completo, melhor para o algoritmo;

  6. Disponibilize recursos criativos com anúncios responsivos de displays. De acordo com dados internos do Google, há 50% mais conversões ao exibir anúncios responsivos de display e gráficos);

  7. Anúncios responsivos de display também são compatíveis com recursos de vídeo;

  8. Carrossel.

Como mencionado, as especificações da plataforma são diversas para se criar campanhas. Objetivos do marketing, direcionamento da audiência, criação de anúncios, formatos e especificações de anúncios, otimização da visualização dos anúncios, acompanhamento das conversões, mensuração, monitoramento, etc.


Quem tiver interesse em estudar o assunto, existem diversas fontes para auxiliar neste processo, como o Skillshop do Google e o Adriano Gianini que é um dos maiores especialistas e produtores de conteúdo sobre Google Ads no Brasil.


Dicas Relevantes:

  • Seja criterioso nos filtros para chegar ao seu público-alvo. Segmentar de forma assertiva é fundamental para uma campanha bem executada;

  • Separe orçamento para realizar testes;

  • Invista no remarketing;

  • Mensure e monitore os dados. Sem acompanhamento das métricas, não há como entender os resultados, motivos e trabalhar as melhorias que são constantes;

  • Saiba o que mensurar, garantindo que todos os parceiros estejam configurados igualmente;

  • Tenha campanhas com objetivos claros, anúncios bonitos, atrativos e totalmente personalizados, para diferentes públicos e formatos variados;

  • Não seja um profissional medíocre e mediano. Capacite-se para dominar tais ferramentas e processos. Estudar é o melhor investimento que poderá fazer por você.

Posts recentes

Ver tudo